Notice: Trying to get property 'name' of non-object in /home/institutodecancer/www/site/wp-content/plugins/seo-by-rank-math/includes/opengraph/class-facebook.php on line 473

Notícias

Janeiro Branco: Você dá atenção à sua saúde mental?

“Saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não, simplesmente, a ausência de doenças ou enfermidades.” É assim que a Organização Mundial da Saúde (OMS) define o termo saúde. Mas porque será que, quando se fala em cuidar da saúde, só pensamos no bem-estar físico?

Para tentar mudar essa visão, a campanha nacional do Janeiro Branco desenvolve inúmeras ações de conscientização sobre a saúde mental e se tornou um marco temporal para desenvolver uma cultura de autocuidado.

Mas o que é exatamente saúde mental, como podemos cuidar dela e quais sinais indicam que ela não está bem?

Para esclarecer todas essas dúvidas, entrevistamos a psicóloga do ICB, Elívia Jacobina.

O que é saúde mental

Quando falamos em saúde mental, pensamos imediatamente nas doenças, o que alimenta o grande tabu que ainda temos sobre os tratamentos psicológicos. Mas essa definição não deve ser encarada dessa forma. Saúde mental é quando existe o equilíbrio das emoções e das reações que temos diante das situações da vida.

Será que estamos conseguindo enfrentar, sem sofrimento, tudo que se apresenta de novo? Uma mudança, uma doença, um desafio profissional… Qualquer situação diferente do que estamos habituados?

O Janeiro Branco é um momento importante de informação, seu objetivo é gerar uma mobilização para o cuidado e eliminar o medo que muitos têm da ansiedade, depressão, estresse… Vencendo essa barreira, a população se permite buscar ajuda e tratar adequadamente esses problemas que, se deixados de lado, levam a um adoecimento crônico, inclusive, com sintomas físicos, esclarece Elívia.

Saúde mental x saúde física

Como a própria definição da OMS diz, a saúde não pode ser vista de forma separada, e sim encarada como uma integralidade.

Muita vezes, o estresse causa insônia, que leva ao cansaço, diminuindo a imunidade e deixando o corpo suscetível à gripe, por exemplo. Ou ainda, podemos identificar o caminho contrário: quando temos uma doença mais grave, podemos experimentar ansiedade ou depressão. O corpo precisa ser visto como um todo.

A campanha deste ano trouxe um tema muito importante: ‘Quem cuida da saúde mental cuida da vida’. E isso quer dizer que o equilíbrio das emoções também promove um equilíbrio da saúde física.

Quando buscar ajuda

Por isso é tão fundamental parar e olhar para a nossa saúde, perceber a rotina e até os pequenos sinais de mudança, como perder a vontade de fazer coisas que antes eram muito prazerosas, como ir ao cinema, sair com amigos ou se reunir com a família.

Em outros casos, pode ser percebida a perda de sensibilidade, como a sensação do sol aquecendo a pele ou não ter mais prazer ao comer sua comida preferida.

É preciso também ficar alerta quando aquele analgésico ou remédio para dormir começa a fazer parte da rotina em vez do uso eventual. Tudo isso vai acontecendo aos poucos, e se não houver esse momento de atenção, não será possível identificar que a ajuda é necessária.

Se ainda não tem o apoio de um especialista, converse com pessoas próximas, elas podem ajudar muito na percepção de alterações comportamentais ou de humor.

Minha saúde mental não está legal, o que devo fazer?

Primeiramente, deixe o preconceito de lado. Não há nada de errado em reconhecer que está passando por um momento de ansiedade ou de depressão. Depois busque um psicólogo, ele é o especialista indicado para ajudar você.

É importante ressaltar que o psicólogo não tem o papel de julgar. Ele olha para o paciente e para sua dificuldade dentro da sua realidade e ajuda a enfrentar a situação. O especialista não vai funcionar como uma ‘muleta’, mas vai orientar o paciente e ele mesmo vai fortalecer suas atitudes e ser mais assertivo nas tomadas de decisão.

Como cuidar da saúde mental diariamente

Mesmo que não esteja apresentando nenhum sintoma ou sinal de que sua saúde mental esteja precisando de tratamento, o cuidado deve ser diário, assim como outro qualquer. Listamos aqui alguns passos para você conquistar a saúde integral.

  • Pratique atividades físicas;
  • Coloque mais pausas na rotina para ter tempo para você;
  • Melhore a alimentação;
  • Evite olhar o celular ou tratar de assuntos de trabalho antes de ir dormir;
  • Dê atenção ao que você está trazendo para dentro da sua mente (tipos de filmes, livros…);
  • Faça mais aquilo que te traz bem-estar;
  • Avalie como você está construindo as suas relações sociais.

Remodal