Notícias

Julho Verde: você sabe o que é e quais os sinais do Câncer de Cabeça e Pescoço

Todos os anos, o mês de julho é inteiramente dedicado à conscientização e à prevenção do Câncer de Cabeça e Pescoço, o chamado Julho Verde. A campanha acontece porque esse tipo de tumor vem crescendo no Brasil.

Segundo estimativas do INCA, a cada ano são diagnosticados mais de 40 mil novos casos desses tumores. O principal motivo para esses dados alarmantes é o desconhecimento da população.

Entrevistamos a cirurgiã de cabeça e pescoço do ICB, Natasha Canovas, para explicar neste post o que é o Câncer de Cabeça e Pescoço, quais são os principais sintomas e quais especialistas consultar.

O que é?

Câncer de Cabeça e Pescoço é a definição dos tumores que atingem as vias aerodigestivas, isto é: boca, faringe, laringe e seios da face. O câncer de tireoide também faz parte desse grupo, porém, é um tipo com características diferentes, com outros fatores de risco e bem menos agressivo.

O Julho Verde foca mais nos cânceres da cavidade oral, garganta e laringe, pois oferecem mais riscos ao paciente e tem grande relação com os hábitos de vida dos pacientes. Sendo assim, podemos estimular uma significativa redução dos riscos. Destaca Natasha Canovas.

Principais sintomas

Esses tipos de tumores não possuem exames de rastreio (aqueles realizados em pacientes que não apresentam sintomas), nesse caso, a prioridade é o diagnóstico precoce para aumentar as chances de cura dos pacientes. Para isso, é preciso ficar atento a alguns sinais, como:

  • Caroços no pescoço
  • Feridas na boca, lábio ou língua que não cicatriza por mais de 2 semanas
  • Rouquidão
  • Dificuldade para engolir
  • Mau hálito persistente

Se você apresentar qualquer um desse sintomas, procure um cirurgião de cabeça e pescoço ou um clínico geral, esses especialistas farão uma avaliação eficiente do quadro.

Na consulta, são realizados o exame físico da região da boca e garganta e a laringoscopia, que analisa a parte interna dos seios da face, cavidade nasal e cordas vocais. Dependendo do caso, outros exames podem ser solicitados, como tomografia, ressonância e ultrassom.

Tratamento

Se o câncer for identificado, o tratamento é realizado pelo cirurgião de cabeça e pescoço. As terapias utilizadas são a cirurgia, quimioterapia e radioterapia. A ordem e combinação delas depende do tipo e localidade do tumor. Se descoberto no início, as chances de cura são altas.

Fatores de risco

Como já foi dito, os Cânceres de Cabeça e Pescoço estão bastante relacionados aos hábitos dos pacientes. Dessa forma, podemos listar como fatores de risco:

  • Tabagismo
  • Etilismo
  • Praticar sexo sem preservativo
  • Sedentarismo
  • Alimentação não saudável
  • Exposição solar sem proteção

Com isso, para reduzir as chances de ter esses tipos de tumores é preciso ter hábitos de vida saudáveis, não fumar, não beber, praticar atividades físicas, usar o filtro solar, utilizar preservativo e se vacinar contra o vírus HPV.

Os cânceres de orofaringe (boca, língua, palato e faringe) têm muita relação com o HPV. Então a vacinação em massa da população com certeza vai reduzir bastante esse tipo de câncer.

Remodal