Quimioterapia

Quimioterapia

A quimioterapia não é o único tratamento oncológico, mas, sem dúvida, é o mais conhecido. Ao ouvir a palavra “câncer”, a primeira associação é com este terapia, principalmente por ser a mais utilizada e também pelos seus efeitos. Embora exista alguns receios sobre este tratamento, os medicamentos evoluíram consideravelmente e salvam muitas vidas.

Neste tratamento, o objetivo é destruir as células formadoras do câncer. Para isso, os medicamentos são levados para todas as partes do corpo por meio da corrente sanguínea. A aplicação pode ser intravenosa, via oral, subcutânea, tópica ou via canal raquidiano (canal da coluna vertebral). As sessões podem acontecer semanalmente, a cada duas ou três semanas e duração do tratamento varia de acordo com cada caso.

A indicação para a quimioterapia pode acontecer de diversas formas:

  • Pode ser exclusiva, sendo o principal tratamento;
  • Ser administrada antes de um tratamento local, como a cirurgia ou radioterapia;
  • Utilizada após as terapias locais;
  • Ou ainda de forma combinada, se associando a outros tratamentos.

Esta terapia age principalmente e mais intensamente nas células do câncer, mas, como é transportada pelo sangue, também pode atingir as células saudáveis, ocasionando os efeitos colaterais, como queda de cabelo, diarreia ou constipação, baixa imunidade e alterações na pele e unhas.

No entanto, é importante lembrar que, tanto a doença quanto o tratamento são individualizados, cada paciente reage de uma forma. Converse com seu médico sobre quais os efeitos mais comuns para o tipo de medicamento que você irá utilizar e conte com a nossa equipe multidisciplinar para evitar ou controlar esses sintomas. Nós estamos juntos nessa jornada.